Domingo, 2 de Dezembro de 2007

Programas Windows no Leopard?

O site Ars Technica, avançou na passada sexta-feira com a possibilidade do Leopard, permitir no futuro "correr" nativamente aplicações para Windows no Mac OS X.

Podem ler o artigo completo aqui.
publicado por Phil às 16:52
link do post | comentar |

Creative Commons License

Quinta-feira, 15 de Novembro de 2007

Lançado Leopard 10.5.1

Aí está a mais esperada actualização do momento...a versão 10.5.1 para o Leopard.

Um dia depois da Apple lançar as actualizações para o Tiger e para o iPhoto, eis que surge a actualização que poderá vir a corrigir muitos dos bugs que foram detectados nas primeiras semanas de utilização do Leopard. Os detalhes podem ser consultados na habitual technote.

Mac OS X 10.5.1 Leopard

Como sempre, a actualização está disponível através do "Software Update" do Mac OS X.

Agora vou ali clicar no Install e já volto...
publicado por Phil às 19:18
link do post | comentar | ver comentários (7) |

Creative Commons License

Quinta-feira, 8 de Novembro de 2007

10.5.1 a caminho...

Como seria de prever, a Apple já trabalha a fundo na primeira actualização do Leopard, cujo lançamento ocorreu no passado dia 26 de Outubro.

Mac OS X Leopard 10.5.1

A build 9B13 já foi disponibilizada aos developers e entre as principais correcções podemos encontrar referências nomeadamente à Firewall, à indexação do Spotlight, a sincronização do iCal e o login Keychain. O Mail, será também alvo de um conjunto de actualizações. O bug relacionado com a perda de informação durante um processo de "Mover" entre partições, está na lista de actualizações a incluir na versão 10.5.1.

A Apple também solicitou aos developers, para dar particular atenção ao Time Machine, Mail, iCal, Back to My Mac, Bonjour, Airport, gráficos do jogos, redes e no Finder.

Agora, é aguardar pacientemente pela versão 10.5.1, que será lançada a qualquer momento, nas próximas semanas.
publicado por Phil às 00:01
link do post | comentar |

Creative Commons License

Sábado, 3 de Novembro de 2007

Ainda o Upgrade do Leopard...

Ontem tive ajudar a fazer um Upgrade para o Leopard num iMac G5, com cerca de 2 anos e meus amigos, melhor era impossível...
iMac G5
A velocidade de instalação cifrou-se mais ou menos nos 40 minutos, tal como num Mac mais recente (no meu, por exemplo) e pelo que já soube hoje, o Leopard tem-se revelado até mais rápido que o Tiger, depois de concluídos os processos de indexação do Spotlight e backup do Time Machine.

Quando a compatibilidades e problemas directos com o Upgrade, não há, para já, nada a registar...

Portanto, mais um upgrade feito com total sucesso e numa máquina com processador PowerPC.
publicado por Phil às 18:38
link do post | comentar | ver comentários (1) |

Creative Commons License

Sexta-feira, 2 de Novembro de 2007

A Chegada do Leopard - The Upgrading...

Já tinha sido questionado via MSN, para quando a publicação de um post sobre a minha experiência com o Leopard. Como o tempo não tem sido muito, finalmente aproveito para fazer o primeiro de vários posts que espero escrever sobre o novo sistema operativo da Apple.

Antes de avançar para a descrição da minha primeira experência, devo recordar que o meu MacBook, assim que chegou às minhas mãos, foi devidamente formatado para poder ter duas partições e não uma, como é habitual em 90% dos Macs (e até PCs). Como sou um rapaz que passou muitos anos a sofrer com o Windows, habituei-me a ter sempre no mínimo duas partições, o que me permitia formatar a máquina, sem perder nenhum documento. Mesmo depois de entrar no universo Mac, mantive esse critério, apesar das certezas que muitos davam que eu não precisava de fazer isso, porque era um Mac. Bom, com a chegada do Leopard, parece que o método das partições é bastante útil, mesmo num Mac. Esta situação permitiu-me fazer em 3 dias, uma instalação por Upgrade e duas instalações limpas. Neste post vamos ver como correu a instalação por Upgrade.

Como tive oportunidade de publicar na altura, eu consegui "obter" o Leopard, dois dias antes do lançamento oficial e por isso, tive oportunidade de fazer uns quantos testes e brincar um pouco com o novo Leopard.

Mac OS X Leopard Upgrade

Devo referir que o meu objectivo seria sempre realizar uma instalação limpa assim que tivesse o original do Leopard, mas decidi optar por teste a modalidade de Upgrade, para tentar perceber o que podia correr mal, até para poder partilhar essa informação.

Ao contrário do que já foi dito por aí, a instalação do Leopard é bastante simples e resume-se a poucos passos. Basicamente, basta colocar o disco com o Tiger. Automaticamente arrancará o ecrã do Leopard, clica-se no ícone "Install" e após o "Restart" automático, a coisa basea-se em sucessivos "Next", uma vez que a opção pré-definida é o "Upgrade". Cerca de 40 minutos depois (não estou a considerar o tempo de leitura de verificação do DVD), o Leopard estava devidamente instalado e aparentemente, sem qualquer tipo de problema...mas...

Tinha existir um mas...ou vários...o primeiro podemos dizer que até pode ser visto de forma positiva ou negativa, dependendo do utilizador. Tratando-se de um Upgrade, praticamente, todo o sistema fica inalterado, ou seja, algumas das novas funcionalidades não estão imediatamente vísiveis, como o botão do Quick Look na Toolbar ou as novas aplicações no Dock, como o Spaces. Mas como referi, é um ponto que poderá ser considerado positivo ou negativo e sinceramente, nem me parece relevante.

Relevante foi o problema que detectei mais tarde e que vou tentar explicar resumidamente.

Sempre que encerrava e nessa sessão tinha iniciado o iTunes, o Mac não completava o processo de encerramento e tratando-se de um MacBook, fechava a tampa e a luz indicadora ficava ligada como se a máquina tivesse sido suspensa com a sessão aberta. A resolução passava pelo reboot forçado, carregando prolongadamente no botão Power. Quando iniciava novamente a sessão, surgia um ecrã de aviso, notificando o utilizador que a última sessão tinha sido encerrada de forma inesperada.

Se não abrisse o iTunes, não tinha qualquer problema.

Como a instalação servia para "brincar" e fazer testes, optei por experimentar desinstalar e voltar a instalar o iTunes, mas essa solução também não resolveu o problema.

De resto, pela pouco utilização que fiz depois do upgrade, não consegui detectar mais nenhum problema. Não surgiram ecrãs azuis, não tive problema com o Disk Utility e apesar das notícias, ainda não tive qualquer tipo de problema (por enquanto), com a (in)segurança do Leopard e que tanta polémica  tem gerado por toda a Internet.

Um dia depois, optei por experimentar, ainda com o mesmo disco, realizar a primeira instalação limpa com o Leopard e o problema que referido acima, foi absolutamente resolvido e não detectei qualquer tipo de problema.

O terceiro dia, dia 26, chegou-me finalmente às mãos o original do muito aguardado Leopard e claro, quis simbolicamente instalar no próprio dia, o novo sistema operativo.

Tal como na primeira instalação limpa, também esta correu sem qualquer tipo de problema até hoje, uma semana depois.

Infelizmente, tenho verificado que muitos utilizadores têm reportado problemas, alguns deles até resultaram na perda completa de dados. O que me leva a concluir que também em Mac, deve-se criar pelo menos duas partições e usar a segunda para guardar documentos, downloads, fotos e música. Assim, podemos re-instalar os sistema operativo as vezes que forem necessárias, seja para resolver problemas, seja para um simples upgrade, recorrendo a uma instalação limpa.

No segundo post, vou expôr como tem sido a minha experiência no Leopard, durante esta primeira semana.
publicado por Phil às 13:04
link do post | comentar |

Creative Commons License

Quarta-feira, 31 de Outubro de 2007

2 Milhões para começar...

Durante o primeiro fim de semana de comercialização o Mac OS X Leopard cilindrou a antiga marca atingida pelo seu antecessor, o Tiger.

2 milhões é o número mágico atingido pela Apple num único fim de semana, tornando-se no lançamento de um sistema operativo da Apple com maior sucesso. Por comparação, no lançamento do Tiger, foram necessárias, quase 6 semanas (39 dias) para atingir o mesmo número.

Mac OS X Leopard

Existe a expectativa, que até ao final do ano, a Apple consiga vender cerca de 3,5 milhões de cópias, conseguindo um lucro, não esperado de 92 milhões de dólares para o próximo trimestre.

Este sucesso, segundo os analistas, reflecte a lealdade dos utilizadores de Mac, mostrando que cerca de 9% dos 23 milhões de utilizadores, fez o upgrade para o Leopard, nos primeiros 4 dias. Estes números também mostram qua a Apple terá capacidade para lançar mais upgrades do sistema operativo de forma mais frequente e com um enorme sucesso junto das "bases".

Quanto à minha experiência com o Leopard...deixarei para mais tarde. Conto no entanto, fazer um post sobre a instalação, nomeadamente através da opção de upgrade, a opção mais frequente para os actuais utilizadores do Tiger.
publicado por Phil às 09:34
link do post | comentar |

Creative Commons License

Domingo, 28 de Outubro de 2007

Leopard Update

Software Update

Depois da actualização do Remote Desktop que surge logo após a instalação do Leopard, eis que surge uma nova actualização do Leopard, o "Login & Keychain Update 1.0", que corrige algumas falhas no Login e no Keychain, bem como algumas questões relacionadas com o acesso a redes Wireless 802.11b/g.
publicado por Phil às 04:23
link do post | comentar |

Creative Commons License

Diz que o Leopard já "corre" em PCs...

E em pouco tempo, já temos um processo e em poucos passos é possível correr o Leopard em PCs e a coisa fica mais ou menos assim:

Leopard no PC

Leopard no PC

Não é muito diferente, certo? Mas, reparem na data do iCal! 25 de Outubro, isto é, estes rapazes já trabalham já alguns dias na Gold Master do Leopard... Ah! Os passos? Podem encontrá-los aqui!
publicado por Phil às 01:24
link do post | comentar |

Creative Commons License

Sábado, 27 de Outubro de 2007

Dia Leopard - O Rescaldo!

À medida que o mundo ia passando pelas 18 horas, o Leopard ia mostrando a sua força. Por isso, deixo-vos com algumas imagens dos eventos de lançamento do Leopard.

Tóquio

Tallinn

Roma

Londres

Toronto

São Francisco

Como viram, desde de Tallinn na Estónia até à "terra natal", São Francisco, o Leopard é sem dúvida, um sucesso de popularidade. Mais ou menos tão popular como o simpático John que ficou conhecido por ser protagonista do vídeo da "Guided Tour" do Leopard e que ontem, lá estava ele à porta de uma Apple Store como comprova a imagem que se segue...

John

Pronto...está lançado...a partir de agora a coisa será mais séria e vamos ver o que realmente vale o Leopard...
publicado por Phil às 14:13
link do post | comentar |

Creative Commons License

Sexta-feira, 26 de Outubro de 2007

Dia Leopard

Depois de uma espécie de aventura perfeitamente geek pelo Colombo eis que me encontro em casa e com um dos milhares de Leopards que afinal estavam disponíveis nos mais diversos revendedores da Apple.

Leopard

A loja escolhida foi a Vobis e confirmou-se...lá está o novo espaço e uma quantidade muito simpática de Leopards...agora é pôr definitivamente o MacBook à Leopardo.

Leopard

Bom...siga a instalação...completamente clean...pois o Upgrade não correu assim tão bem...mas a seu tempo falarei disso...

...depois do Leopard devidamente instalado!
publicado por Phil às 22:29
link do post | comentar | ver comentários (1) |

Creative Commons License

A Caminho do Leopard - Upgrading


Link do Vídeo
publicado por Phil às 18:00
link do post | comentar |

Creative Commons License

Desabafo...

Muito se escreveu e falou sobre o lançamento do novo Leopard em Portugal e afinal...

- A Interlog lá actualizou o site e o Leopard já está disponível na Loja Online;

- A Apple Center actualizou o seu site, informando que a partir das 18h o Leopard estará à venda;

- A LojaMac.com, como já vimos, vai realizar uma festa de lançamento nas suas instalações;

- A Vobis, já tem o Leopard na lista de Produtos Apple.

Portanto, chegados ao dia decisivo, com excepção da LojaMac.com, todos os outros acharam bem catita que seria pertinente anunciar um dos lançamentos do ano, para o próprio dia do lançamento...enfim...falta menos de uma hora...
publicado por Phil às 17:02
link do post | comentar |

Creative Commons License

Time Machine...um mito?

Uma das novas funcionalidades do Leopard que mais destaque teve foi o Time Machine, a ferramenta que permite fazer de forma muito simples um backup permanente do nosso sistema, sendo possível recuperar um ou vários ficheiros ou até mesmo recuperar todo o sistema.

Time Machine

No entanto, o Time Machine tem sido saco de pancada neste dias que antecedem o lançamento do Leopard . Ou é porque o efeito "espacial" é ridículo, ou o Time Machine não passa de uma reinvenção da ferramenta de recuperação do sistema do Windows , ou porque é preciso gastar mais uns quantos Euros num disco externo.

Pois bem, vamos desfazer o Mito!!!

O efeito "espacial" é uma forma da Apple mostrar as capacidades Core Animation numa ferramenta que veio trazer uma ferramenta de backup a um novo nível, simplificando de que maneira a tarefa ao utilizador, mesmo que este seja uma avózinha !

No entanto, ao contrário que tem sido "vendido" por essa Internet fora, o Time Machine NÃO NECESSITA, repito, NÃO NECESSITA de um disco externo para funcionar.

Basta simplesmente uma nova partição no vosso disco que tenho no mínimo a mesma dimensão da partição de sistema. Automaticamente o Time Machine , reconhece a partição e podemos definir a mesma como Disco de Backup do Time Machine . Desta forma, conseguem ter o vosso backup sempre convosco. Infelizmente esta opção, não será simples de implementar, uma vez que poucos utilizadores de Mac optam por duas ou mais partições (por opção tenho sempre 2 partições nas minhas máquinas) e os discos incluídos em portáteis não têm assim tanta dimensão para serem ocupados com sistemas de Backup , mas se não foram muito exigentes com grandes downloads e uma grande quantidade de fotos, o vosso disco poderá ser muito útil para a utilização do Time Machine .

Claro que podem sempre optar por colocar um novo disco no vosso Mac ou simplesmente ter um disco externo.

Infelizmente, ainda não consegui testar o Time Machine , porque não pretendo ocupar o espaço livre da segunda partição e o disco externo que tenho em casa está com outras funções, por isso, daqui a algum tempo, penso então num disco com uma dimensão considerável e que me permita ter as duas funções, armazenamento e backup com o Time Machine ou passo-me e perco a cabeça e compro um disco maior para o Mac .
publicado por Phil às 10:33
link do post | comentar | ver comentários (3) |

Creative Commons License

O Sr. Podcasts, já tem o dele...

...e foi uma cópia oferecida pela própria Apple numa apresentação para convidados em Cupertino, portanto, hoje para Leo Laporte, vai ser um final de dia...

Leo-pard-icious


Leo Laporte
publicado por Phil às 02:16
link do post | comentar |

Creative Commons License

Quinta-feira, 25 de Outubro de 2007

Arcos de Valdevez, essa bela localidade!

Cool é a forma como posso descrever a ideia que o pessoal da LojaMac.com teve ao realizar no dia de amanhã, pelas 18h, uma festa de lançamento do Leopard, mas sem oferta de t-shirts, como vai acontecer nos EUA, aos primeiros compradores do Leopard.

Lançamento Leopard LojaMac.com

Para os interessados em participar na festarola, podem ver a localização das instalações no site da LojaMac.com. Infelizmente, não será um evento onde pudesse estar presente, uma vez que a LojaMac.com fica em Arcos de Valdevez, bem no centro da fantástica região do Minho. Portanto, pessoal do Norte, sejam realmente castiços e alinhem na iniciativa da LojaMac.com (à falta de melhor no resto do país).
publicado por Phil às 21:45
link do post | comentar |

Creative Commons License

No ZFS!

Lembram-se daquele rumor que indicava que o novo sistema de ficheiros do Leopard seria o ZFS?

File System

Pois bem...esqueçam! Tudo igual!

Para os mais distraídos, esta suposta "novidade", não aparecia nas famosas 300 novas features.
publicado por Phil às 14:19
link do post | comentar | ver comentários (1) |

Creative Commons License

Olha!! É o Leopard!

Pois é meus amigos...ele já cá canta...ok, não foi bem aquele que encomendei...mas é quase...e um dia antes de sair, pelo menos, dá para não sujar tanto a secretária de baba...

É Oficial!!! Já instalei o Leopard!

Leopard 10.5

Dado o adiantado da hora, vou fazer um post muito resumido sobre a instalação do Leopard.

Para já, esta instalação, servia antes de mais, para experimentar o muito aguardado Leopard, naturalmente, mas também servia para conhecer o processo de Upgrade e não a instalação limpa, que será a minha opção, quando chegar a minha encomenda via Amazon. Posso referir, que a esse respeito, parece-me que correu tudo bem.

O Desktop ficou com este aspecto:

Desktop Leopard

Bonito, hein?

Até agora só tive possibilidade de experimentar o novo Finder/Cover Flow (parece-me mais rápido e fluído), o Quick Look (acho que poderá ser uma ferramenta mais útil do que podíamos pensar), o Spaces (está aprovado) e o (quase) novo Dashboard e o seu Web Clip que já tinha sido apresentado na primeira Keynote onde Jobs mostrou pela primeira vez as novidades do Leopard. Para quem não conhece, o Web Clip é uma Widget que permite escolher o conteúdo que queremos ver. Por exemplo, se quiseremos ter uma Widget com a nossa tabela preferida de Cotações, já o podemos fazer com recurso ao nosso site financeiro favorito. No entanto, para demonstrar esta funcionalidade, optei por usar o site dos Incorrigíveis, mostrando que podemos escolher a área do vídeo e que esta será actualizada em tempo real, como estivessemos num qualquer browser.

Dashboard / Web Clip

Para já, foi somente possível testar estas funcionalidades do novíssimo Leopard. Nos próximos dias, vou ter uma ideia mais concreta do que vale este "felino".

Pronto, agora já posso dormir descansado!
publicado por Phil às 02:54
link do post | comentar | ver comentários (2) |

Creative Commons License

Quarta-feira, 24 de Outubro de 2007

A Caminho do Leopard - Mail


Link do Vídeo
publicado por Phil às 18:00
link do post | comentar |

Creative Commons License

Terça-feira, 23 de Outubro de 2007

A Caminho do Leopard - Spaces


Link do Vídeo
publicado por Phil às 18:00
link do post | comentar |

Creative Commons License

Leopard Worldwide...ou talvez não!

Depois de ponderar alguns segundos, optei por publicar este post, quer no Phil's Mind Spot, quer no Dr. MacPhil.

Como alguns de vocês saberão, já faltam menos de 4 dias para o lançamento do próximo sistema operativo da Apple, o Mac OS X 10.5, também conhecido por Leopard. Para ser mais concreto, a data de lançamento será dia 26 de Outubro às 18 horas locais. Tendo em conta os fusos horários e a confirmar esse critério, o primeiro lançamento nem vai ser nos Estados Unidos. Bom, mas isso não é sequer relevante para a questão que vou aqui levantar e a questão é:

"Então e em Portugal? Quando será o lançamento?"

Resposta:
Em todo o mundo será dia 26. Em Portugal ninguém sabe.

Após uma pesquisa feita pelos sites da Apple espalhados pelo Mundo, chegou-se a esta conclusão:

O Leopard no Mundo

É com tristeza que tenho que incluir Portugal no saco do lado direito, o saco daqueles que têm que recorrer à Amazon para poder ter o Leopard a tempo e horas.

Com esta análise pretendo também chegar a outra conclusão, tendo em conta a actualização ou não dos sites. De facto, o site português da Apple, da responsabilidade da Interlog, ainda mantém a referência aos novos iMac, quando até faria sentido ter a referência aos novos iPod, seguindo a lógica de comunicação da marca.

Com esta observação pretendo deixar em cima da mesa, a possibilidade, remota, nesta altura do campeonato, da Apple pura e simplesmente já não considerar a Interlog uma representante digna da marca Apple e portanto, aproxima-se o momento de ruptura, aquele que todos nós ambicionamos à tanto tempo, para que seja, finalmente, a própria Apple a tomar conta dos destinos da sua representação em Portugal.

Reparem nos sinais...

- Portugal tem uma das iTunes Store.
- O Mac OS X pela primeira vez virá em Português de Portugal.
- O registo comercial da Apple em Portugal já foi realizado.
- O iPhone estará aí a rebentar no próximo ano.

Portugal poderá ser um mercado periférico, mas deverá ser um mercado para ter em conta, digo eu...claro, sem Interlog...


Nota: Esta avaliação considera apenas as representações oficiais de cada país analisado, isto é, não considera todos os pontos de venda onde é possível adquirir produtos Apple. No caso nacional, a "LojaMac.com" chegou-se à frente com o Leopard, mas isso já não aconteceu com o "Apple Center" das Amoreiras em Lisboa. Portanto, não é líquido que seja fácil encontrar o Leopard em Portugal, logo a partir do dia 26 de Outubro.
publicado por Phil às 00:01
link do post | comentar | ver comentários (4) |

Creative Commons License

Segunda-feira, 22 de Outubro de 2007

A Caminho do Leopard - Time Machine


Link do Vídeo
publicado por Phil às 18:00
link do post | comentar |

Creative Commons License

Next Step...

O iPhone está lançado e irá espalhar a sua "magia" no resto do mundo em 2008, o Leopard está a menos de 5 dias do lançamento. Os processadores Intel vieram para ficar. A Apple aumentou a quota de mercado, ainda mesmo antes do lançamento do Leopard. Na bolsa, tem prestações muito positivas com uma evolução que merece uma análise atenta. No entanto, apesar dos bons resultados, a Apple mostrou nos últimos tempos uma face desconhecida, que normalmente associamos à rival Microsoft, mas verificamos que a Apple acaba por seguir o seu caminho e consegue o sucesso (e lucro) pretendido.

Mas então, impõe-se a pergunta... Qual será o caminho da Apple no futuro? Qual será a próxima revolução?

O Leopard não é mais que a evolução na continuidade. Pegaram na fórmula de sucesso, reinventaram essa fórmula e acabamos por ter um Upgrade, robusto é certo, mas é somente um Upgrade, não trazendo nada de extraordinário quanto ao Interface, numa altura em que já dispomos da tecnologia Multi-Touch nas nossas mãos, através do iPhone e do iPod Touch.

iPhone - Macbook

Por isso, coloca-se a questão obrigatória:

"Quanto tempo vai demorar a Apple a implementar a tecnologia Multi-Touch no seu sistema operativo nativo na linha de computadores?"

Isto é, estará a Apple a traçar o caminho através da fusão da tecnologia do dispositivo móvel com a tecnologia que já utilizamos nos nossos computadores? Se sim, como será essa revolução? Vai a Apple conseguir impor novos padrões na tecnologia, mas, conseguirá, desta vez chegar às massas?

A Apple já perdeu o comboio uma vez, nos finais dos anos 80 e inicio dos anos 90, sobretudo quando a Microsoft lançou o Windows 95 e conseguiu atingir às massas.

Macintosh Classic

Ainda me recordo de ter participado numa iniciativa da Apple na minha escola preparatória. Recordo-me como se fosse hoje, quando vi a Hall de Entrada da escola, com uma quantidade imensa de Macintosh's, na altura o Classic, embora não possa confirmar exactamente que versão. Também me lembro, diariamente, de ver sempre num canto da capa do jornal Público, o quadrado de publicidade sempre dedicado à Apple.

Apesar de tudo, no início dos anos 90, a Apple estava muito próxima dos utilizadores. Logo, para os fundamentalista da Apple ou da Microsoft, isto já andou equilibrado, ok?

Concluímos então que a Apple tem vindo a tentar recuperar um mercado (que não tinha a dimensão dos dias de hoje), mas tenta também ganhar novos mercados.

Entrou no novo mercado dos MP3 e da Música e ganhou (vamos ver se o sucesso se mantém).

Entrou no mercado dos telemóveis e pelo menos agitou o mercado, até porque não chegou a todo o mundo (oficialmente).

E tenta desde sempre, diria eu, recuperar o mercado dos sistemas operativos e dos computadores, sobretudo a partir de 2000, quando lançou o Mac OS X, de resto, uma viagem no tempo, que já foi recuperada aqui no blog.

A esta distância, a Apple conseguiu criar um sistema operativo robusto o suficiente para rivalizar com qualquer Windows que fosse lançado pela Microsoft. Uma vez que as massas já utilizavam Windows, a Apple enfrentava uma tarefa quase titânica. Então começou a entrar em mercados paralelos, utilizando as plataformas Mac e Windows para chegar até às pessoas, com o seu "gadget" de referência, o iPod. Ou seja, para além de chegar às pessoas,  a Apple conseguiu também penetrar aos poucos na plataforma Windows, com o iTunes e na compatibilidade dos seus produtos.  A Apple, voltava aos poucos a ganhar notoriedade junto das massas e para além dos iPods, a Apple conseguia estabelecer uma estratégia de Cross-Selling, junto dos seus clientes iPod. Isto é, aos antigos utilizadores Mac, juntava os novos iPods e aos utilizadores do iPod juntava os chamados Switchers, utilizadores Windows que passavam para Mac.

E como podemos verificar, a estratégia continua...

A linha de iPods foi renovada e reforçada com o iPod Touch e a eles temos que juntar o apetecível iPhone. Ao demonstrar tanta qualidade e inovação, os utilizadores de Windows vai querer descobrir mais sobre a linha de computadores da Apple e por sua vez, o seu sistema operativo, no qual se baseia o software do iPhone e do iPod Touch. Tendo em conta o fracasso do Windows Vista e a notória redução de preços dos produtos Apple, nomeadamente dos MacBooks e iMacs, parece-me natural esta aproximação dos utilizadores Windows aos produtos Apple.

Depois, há sempre o chamado "Boca-a-Boca". Se tivermos um amigo completamente fanático de Mac e Apple, naturalmente vamos dar uma especial atenção aos produtos Apple e se calhar vamos até comprar algum produto da Apple, seja um iPod, um iPhone, a Apple TV ou até mesmo um Mac. No meu caso, a paixão começou a ser alimentada pelos Podcasts e de que forma era possível criar um podcast através de um Mac e as dificuldades que podiam surgir se fosse criado no Windows. A partir daí, fui descobrindo um mundo completamente diferente daquele que estava habituado, um mundo que nos fornece uma experiência de utilização de um computador pessoal, completamente diferente. Por isso, para terminar, não querendo alimentar guerras que não fazem sentido, gostaria de deixar algumas notas finais, em relação à minha experiência com o MacBook e o Mac OS X:

- Desde Junho, por uma única vez tive que reiniciar com o botão On/Off e só deu um "erro fatal" igualmente uma única vez.

- Já fiz diversos updates, nomeadamente do iLife e iWork e o Macbook continua tão rápido, como no primeiro dia, quer a arrancar, quer no encerramento.

Portanto, posso considerar a experiência é extremamente positiva.

Para terminar, gostaria de referir ainda que, estamos, acho eu, a viver uma época peculiar, uma vez que estamos a viver uma espécie de ciclo mais favorável que pode ter começado "oficialmente" com o iPod Quick Wheel e o iMac branco que foi comercializado até ao passado mês de Agosto, isto é, em 2004, precisamente quando a curva do título da Apple na bolsa tem uma evolução positiva até aos dias de hoje.

Apple Inc

Nem a propósito é hoje mesmo que a Apple vai anunciar os resultados do último trimestre num Webcast que começará por volta das 22h (hora portuguesa). Existe uma enorme expectativa, porque o este último relatório, irá incluir as vendas do iPhone, bem como o período de regresso às aulas que potencia o aumento de venda de Macs. Se acrescentarmos o aumento da quota de mercado da Apple, são esperados números muito interessantes no anúncio de hoje.

Pena não ser um dos accionistas...
publicado por Phil às 13:02
link do post | comentar | ver comentários (1) |

Creative Commons License

Domingo, 21 de Outubro de 2007

A Caminho do Leopard - Quick Look


Link do Vídeo
publicado por Phil às 18:00
link do post | comentar |

Creative Commons License

Mac OS X vs Windows

Mac OS X vs Windows

Hoje, enquanto ouvia a edição desta semana do Windows Weekly, decidi fazer este post, que mostra o ponto de vista de alguém que só utiliza o Mac OS X desde Junho passado. De facto, a menos de uma semana do lançamento do Leopard, a titânica guerra Mac OS vs Windows, voltou ao seus melhores dias.

Pela primeira vez, não me agradou muito a opinião do especialista do Windows, Paul Thurrott, que emitiu algumas opiniões sobre as 300 novas funcionalidades do Leopard. Sendo eu, um utilizador há muitos anos do Windows, estou à vontade para discutir esta questão...estive dos dois lados e 4 meses depois e a pouco tempo de ter o Leopard nas mãos, decidi estudar a árvore geneológica, do Mac OS X para perceber melhor o que está por detrás do sistema operativo que hoje utilizo com muito orgulho.

Após alguma pesquisa, decidi utilizar alguns critérios, nomeadamente, que sistemas operativos comparar. Tendo em conta a estrutura de lançamentos do Mac OS X, foi esse o critério utilizado, para comparar cronológicamente os dois sistemas operativos.

Em 2000, na Macworld, Steve Jobs, referiu que o novo sistema operativo ia seguir algumas linhas directoras. Uma delas, a da versão única, ao contrário do seu concorrente que na altura tinha o Windows 98 SE/ME e o Windows 2000 entre mãos. No entanto, nesse ano, Jobs apresentava um novo User Interface, que ainda hoje prevalece no Mac OS X. Isto é, em 2000, tal como Steve Jobs disse na altura, estavam a fazer história e a criar um sistema operativo revolucionário para a próxima década.

Mac OS X 10.0 vs Windows 2000

Como podem ver, o interface o Mac OS X já se assemelhava com o actual Tiger, mas muito diferente do seu "rival" Windows 2000, que fazia a ponte para o futuro XP. A partir daqui, percebemos que a estratégia da Apple, passava por pegar numa base sólida como ponto de partida e a partir daí a estratégia passaria pela continuidade e evolução, pensando sempre em soluções para simplificar as tarefas do utilizador.

Em 2002, os concorrentes já se chamavam Puma e XP. O Puma ou Mac OS X 10.1 era mais um passo para melhorar uma fórmula de sucesso que tentava retirar quota de mercado à Microsoft que tinha lançado há pouco tempo o Sistema Operativo da Chicco (como eu ouvi na altura), o XP. Nesta altura, já tinha sido lançada a primeira geração dos iPods.

No domínio absoluto do Windows XP, a Apple lançou o Puma, o Jaguar, o Panther e o Tiger. Apesar da reconhecida qualidade do sistema operativo da Apple, virado sobretudo para o utilizador comum, era o XP que reinava, mas, a guerra começou a ficar menos facilitada para a Microsoft quando a Apple começou a dominar noutros campos, nomedamente dos leitores MP3, com o iPod e da música com o iTunes e a sua loja online. A pouco e pouco, a Apple começava a entrar nos Windows com produtos de qualidade que podiam ser instalados ou ligados a qualquer PC com Windows. Portanto, a notoriedade da marca Apple era revitalizada, usando o Windows para o conseguir.

Mac OS X vs Windows XP

É na Macworld de 2006, que a Apple anuncia que vai mudar os seus processadores para a Intel e toda a gama de Macs seria renovada nos meses seguintes. Mais tarde, é anunciado o lançamento do Leopard e com ele, vinha o Boot Camp, que ia permitir a instalação do Windows num Mac.

Portanto, o cenário para a Microsoft não era propriamente sorridente. Mas o pior estava para vir. Entre, 2001 e 2007, o Windows XP foi o sistema operativo de sucesso da Microsoft, mas ao fim de 5 anos de desenvolvimento, com sucessivos atrasos, a Microsoft lança uma clara imitação do Mac OS X, mas muito fraca e que nada tem a ver, nem com a suposta imitação, ficando muito longe do seu antecessor XP, que tem mostrado a força que ainda tem.

Já no decorrer de 2007, a Apple lança o iPhone, que veio baralhar o mercado de telemóveis e veio reforçar a presença da Apple nas nossas vidas e ao fim de quase 1 ano, o Vista veio confirmar que foi um erro grave da Microsoft. Poderá ser mais seguro, mas revelou enormes incompatibilidades com hardware, não suportava máquinas mais antigas, não acrescentou muito mais ao XP e tem diversas versões, sendo que, a mais cara, custa 670 Euros.

Mac OS X vs Windows Vista

A Apple, opta pela evolução na continuidade, apostando em pequenas grandes funcionalidades, mas continua a ser um sistema seguro, estável (bastante mesmo), rápido, funcionalidades a pensar no utilizador, o software tem preços mais competitivos (falo sobretudo o próprio SO e as suites iLife e iWork), o Leopard, custará 129 Euros, numa única versão e está preparado para os Mac Intel, G5 e G4 acima dos 867 MHz, ou seja, ainda abrange um conjunto considerável de Macs.

Por isso, acho estranho as palavras de Paul Thurrott, sobre o Leopard, quando diz que não vale o preço que custa (e o Vista vale?),  que o conceito do Time Machine já existia no Windows com a recuperação de versões anteriores de ficheiros. É verdade, mas pergunto quem usa isso e sobretudo, quem sabe usar isso? Tal com o próprio disse, o Time Machine (que pessoalmente nem é a funcionalidade que mais me impressiona), é para as avózinhas. E eu pergunto: Quando a avózinha consegue mexer num brinquedo destes, não estará o objectivo do sistema operativo/software a ser cumprido?

A verdade é que há duas semanas que oiço o Windows Weekly e neste momento, podia muito bem chamar-se Mac Weekly...

Para terminar, gostaria de dizer que não sou fundamentalista desta coisa dos sistemas operativos. No fundo, o segredo está no utilizador e no tipo de utilizador. Claramente, o Windows é cada mais direccionado para os utilizadores empresariais e o Mac OS X para os utilizadores comuns (O Linux fica para outras guerras). Claro que não podemos esquecer o tipo de software que cada utilizador corre. Os gamers serão sobretudo utilizadores Windows e não de Mac. Portanto, como podem ver a escolha não é linear, mas claramente acho que a quota de mercado da Apple tem que subir e vai subir com certeza, a partir de 26 de Outubro, confirmando um tendência real.
publicado por Phil às 00:47
link do post | comentar | ver comentários (4) |

Creative Commons License

Sábado, 20 de Outubro de 2007

A Caminho do Leopard - Finder


Link do Vídeo
publicado por Phil às 18:00
link do post | comentar |

Creative Commons License

Sexta-feira, 19 de Outubro de 2007

A Caminho do Leopard - Desktop

A partir de hoje, vamos publicar todos os dias até ao dia 26, um vídeo com as novas áreas do Mac OS X Leopard:

- Desktop
- Finder
- Quick Look
- Time Machine
- Spaces
- Mail
- iChat
- Upgrading

Hoje vamos descobrir o novo Desktop e as novas funcionalidades:


Link do Vídeo
publicado por Phil às 18:00
link do post | comentar | ver comentários (3) |

Creative Commons License

Quinta-feira, 18 de Outubro de 2007

Efeito Leopard

Apesar de mais um record batido pelo Dólar face ao Euro, depois de muito ponderar, optei por fazer a encomenda do Leopard através da Amazon inglesa.

Encomenda Amazon

O valor dos portes do envio dos EUA para Portugal e a passagem pela Alfandega foram dois factores para tomar a decisão. Por outro lado, temia que não conseguia ter o Leopard tão rapidamente, pois teria que aguardar a chegada do Leopard à morada nos EUA e depois o respectivo reecaminhamento para Portugal.

Assim, a opção exclusivamente europeia, foi a escolhida, até porque a Amazon está a fazer desconto no preço do Leopard, que permite compensar ligeiramente o custo dos portes.

Pronto...agora é contar os minutos até chegar a bela da encomenda...


Tags:
publicado por Phil às 23:33
link do post | comentar |

Creative Commons License

Quarta-feira, 17 de Outubro de 2007

Portuguese (Portugal) Localization in Leopard

Uma das 300 e muitas funcionalidades que vem no Leopard, houve uma que me despertou a atenção, porque quanto tive na minha posse um dos discos das versões de desenvolvimento do Leopard, verifiquei na pastas de sistema, que havia pastas que faziam referência ao Português de Portugal como língua de sistema.

Hoje, ao conferir algumas das cerca de 300 novas funcionalidades, verifiquei que uma dela é:

Portuguese Localization

Assim, os puritanos da nossa língua mãe, já podem ter um Mac em Português de Portugal.


Tags:
publicado por Phil às 02:50
link do post | comentar | ver comentários (1) |

Creative Commons License

Terça-feira, 16 de Outubro de 2007

É Oficial! Temos Leopard!

Leopard

É oficial. Temos finalmente a confirmação que o Mac OS X 10.5 Leopard, será lançado a 26 de Outubro, sendo que, a Apple Store já aceita Reservas do mesmo.

Tal como os rumores indicavam, as Lojas da Apple fecham as portas algumas horas antes do lançamento, para abrirem novamente as portas às 18h locais, portanto, nada aponta para uma nova apresentação com uma Keynote do Steve Jobs, até porque, durante o último ano, tivemos oportunidade de assistir a várias Keynotes com as novidades do Leopard.

Agora é esperar pacientemente e preparar 129 dólares (cerca de 90 Euros). Sim, vou tentar comprar directamente nos EUA, para ter o benefício da diferença câmbial.

Press Release

UPDATE: Apenas um pormenor, em torno do lançamento do Leopard: Quem fizer a reserva via Apple Store, terá portes gratuitos e receberá o Leopard no dia do lançamento, dia 26.


Tags:
,
publicado por Phil às 14:45
link do post | comentar | ver comentários (3) |

Creative Commons License

Anúncio da data de Lançamento do Leopard...

...será hoje, Terça-feira, dia 16 de Outubro?

E tudo indica que será mesmo dia 26 de Outubro às 18h, locais, isto é, 2 horas da manhã em Portugal.

Leopard

Tendo em conta os prazos apertados, mesmo que se confirme esta data, muitos apontam que a Apple terá problemas em canalizar um volume tão grande de cópias a nível mundial num espaço de tempo tão curto.

O que eu sei, é que durante o dia de hoje, estarei muito atento aos desenvolvimentos do processo de lançamento do Leopard.


Tags:
publicado por Phil às 02:37
link do post | comentar | ver comentários (5) |

Creative Commons License


Contacto E-Mail



Programas Windows no Leop...

Lançado Leopard 10.5.1

10.5.1 a caminho...

Ainda o Upgrade do Leopar...

A Chegada do Leopard - Th...

2 Milhões para começar...

Leopard Update

Diz que o Leopard já "cor...

Dia Leopard - O Rescaldo!

Dia Leopard





Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

blogs SAPO